USP volta atrás e aceitará alunos de colégios militares aprovados pelo Sisu