Assaltantes com fuzis atiram contra helicóptero da PM após ataque a carro-forte em SP

Um vídeo feito por um morador de Santo Antônio Alegria (SP) mostra quando assaltantes armados com fuzis atiram em direção ao helicóptero Águia, da Polícia Militar. O flagrante foi feito na manhã desta quarta-feira (7) durante a perseguição policial à quadrilha que explodiu e roubou um carro-forte na Rodovia Abrão Assed (SP-333), em Cajuru (SP).

A Polícia Militar faz um cerco na região para prender o grupo, mas ninguém foi preso até o momento.

Tiros contra helicóptero

Imagens feitas pelo morador em Santo Antônio da Alegria, a 35 quilômetros de Cajuru, mostram quando dois homens de colete e capacete balístico atiram para o alto, ao lado de um veículo branco usado por eles na fuga. Um terceiro homem está na frente do carro e também atira. Eles tentam atingir o helicóptero da PM, que apoiava as buscas pelo grupo, mas não conseguem.

A PM reforçou o policiamento, mas a dupla conseguiu fugir. Segundo o tenente-coronel Marcelo Jerônimo de Melo, PMs de Ribeirão Preto e de Minas Gerais apoiam a ofensiva contra a quadrilha.

Por volta das 11h, a equipe do helicóptero Águia localizou um dos veículos supostamente usado pelos assaltantes em chamas em uma mata na região do crime.

Ataque ao carro-forte

O carro-forte foi atacado pela quadrilha por volta das 9h30 desta quarta-feira. Segundo a PM, o veículo da Protege seguia pelo quilômetro 2 da Rodovia Abrão Assed, próximo a Cajuru, quando foi cercado por dez criminosos armados com fuzis. O grupo rendeu os seguranças e usou explosivos contra o blindado, que ficou destruído.

De acordo com o subtenente da PM Rivaldo Ferreira, o ataque aconteceu próximo a uma base da Polícia Militar Rodoviária. Um dos policiais em serviço ouviu o barulho de tiros e pediu reforços à PM em Cajuru.

Ao chegarem ao local, os policiais se depararam com o carro-forte destruído pela explosão. Os vigilantes buscaram abrigo em uma mata após serem forçados pelos assaltantes a abandonar o veículo. Houve troca de tiros e dois policiais militares foram baleados.

Os feridos foram levados à Santa Casa de Cajuru. Um deles foi atingido no tórax depois que o tiro atravessou o colete balístico, e passa por cirurgia. O segundo PM foi ferido no braço.

O trânsito no trecho da Rodovia Abrão Assed foi desviado para o acostamento e, segundo a polícia, não há congestionamento. A perícia está no local.

Em nota, a Protege informou que todos os colaboradores estão em segurança e que a empresa colabora com as autoridades na investigação em curso.

Segundo a PM, todos os malotes transportados no carro-forte foram levados pelo grupo.

Fonte: G1.

Comentários

Captha *