Confiança do empresário industrial sobe em julho pelo segundo mês consecutivo, diz CNI

O Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI) subiu 0,5 ponto em julho, chegando a 57,4 pontos. Foi o segundo aumento consecutivo do indicador, segundo informou nesta quinta-feira (18) a Confederação Nacional da Indústria (CNI).

Para elaborar o índice, a CNI ouviu 2.391 empresas, entre os dias 1º e 11 de julho. O indicador de confiança varia de 0 a 100, sendo que quando está acima dos 50 pontos, mostra que os empresários estão confiantes.

Apesar de o índice geral ter subido, a confiança caiu entre as pequenas empresas. Nesse segmento, o índice teve queda de 0,4 ponto e chegou a 55,4 pontos em julho. Já entre as médias e grandes empresas a confiança subiu.

De acordo com a pesquisa, a confiança é maior nas grandes empresas. Entre elas, o índice subiu para 58,2 pontos. Nas médias empresas o índice chegou a 57,5 pontos.

Expectativas futuras e condições atuais

Na avaliação da CNI, o otimismo dos industriais aumentou porque melhoraram as expectativas em relação ao desempenho da economia e das empresas nos próximos seis meses.

O índice de expectativas subiu de 61,7 pontos em junho para 62,1 pontos em julho. “As expectativas em relação à economia brasileira aumentaram um ponto em relação a junho”, afirmou o gerente-executivo de Política Econômica da CNI, Flávio Castelo Branco.

Apesar da melhora das expectativas futuras, a pesquisa registrou piora na percepção sobre a situação atual dos negócios e da economia. O indicador de condições atuais caiu de 47,6 pontos em junho para 47 pontos em julho.

Fonte: G1

Comentários

Captha *