SÃO PAULO – Sem Dudu e com iminente saída de Osvaldo, Tricolor quer atacante veloz

O São Paulo mantém como prioridade ter um novo atacante veloz no elenco do técnico Muricy Ramalho.

Principalmente depois de perder Dudu para o rival Palmeiras e com a iminente saída de Osvaldo para o Al-Ahli, da Arábia Saudita.

A venda do jogador, aliás, é dada como certa nos bastidores do clube, que vai receber R$ 6 milhões por 50% dos direitos econômicos da transferência, cujo valor total é de R$ 12 milhões.

Não há um nome especificamente definido para preencher a carência na posição, mas a busca existe.

Mesmo depois de Muricy afirmar que conseguiria trabalhar com o atual plantel, o vice-presidente de futebol, Ataíde Gil Guerreiro, se disse empenhado em acertar um atleta para esse setor, além de um zagueiro pela esquerda.

Ainda assim, não está descartado o aproveitamento de um garoto da base no ataque. Por um consenso entre Muricy, Ataíde e o presidente Carlos Miguel Aidar, o São Paulo vai inscrever jogadores criados no clube no Paulistão – há um limite de 28 atletas por time.

Comentários

Captha *