Brasil fica em 1º lugar no ranking mundial do spam por ligação telefônica

 O Brasil é o país mais afetado por ligações telefônicas classificadas como spam, segundo levantamento do aplicativo de identificação de chamadas Truecaller. O serviço identificou uma média de 45,6 chamadas recebidas mensalmente por usuário no país, um aumento de 21,6% em relação a 2018. Quase metade (48%) tem origem em contatos de operadoras de telefonia oferecendo promoções e trocas de plano.

Os brasileiros também figuram em quarto lugar no ranking que mede o spam por SMS. Os dados são referentes a 116 bilhões de chamadas e 8,6 bilhões de mensagens coletadas entre janeiro e outubro de 2019.

O relatório aponta que o spam provocado por operadoras de telefonia cresceu 16 pontos percentuais em um ano, mas não supera o aumento no número de golpes por telefone: em apenas dois anos, as fraudes aumentaram de 1% para 26% entre todas as chamadas de spam no país. Os casos mais comuns envolvem ligações de números estrangeiros para forçar a vítima a ligar de volta a pagar uma alta taxa na fatura, além do famoso golpe do falso sequestro.

Os setores de telemarketing e finanças (bancos, empréstimos e cartões) também respondem por uma parcela expressiva das ligações consideradas spam no Brasil: do total, 26% é proveniente de empresas que atuam em uma dessas áreas.

Na liderança desde 2018, o Brasil se mantém afastado dos demais países analisados. O segundo colocado Peru registra média de 30,9 ligações por pessoa mensalmente, 33% a menos que na realidade brasileira. Em terceiro aparece a Indonésia, que percebeu o aumento mais substancial de spam em um ano: de 9,9 para 27,9 ligações bloqueadas por mês em cada celular. O Truecaller não chega a explicar se o movimento tem a ver com um aumento no número de pessoas que usam o aplicativo naquele país.

Como bloquear spam com o Truecaller

O Truecaller analisa as chamadas recebidas e compara o número com um banco de dados de telefones reconhecidos como spam. Usuários contribuem para manter a base atualizada, acusando no próprio app quando uma ligação atendida se trata de golpe ou oferta indesejada. Veja como usar no celular.

Passo 1. Faça o download do Truecaller para Android ou iPhone (iOS). Ao iniciar o aplicativo pela primeira vez, crie uma conta usando suas credenciais do Google e Facebook ou registre-se digitando nome e e-mail manualmente.

Passo 2. Acesse a aba “Bloqueando” do aplicativo e escolha quais tipos de bloqueios automáticos deseja realizar. É possível, por exemplo, bloquear automaticamente as ligações de spammers conhecidos, de números ocultos (privados) e com outro código de país. Ligações bloqueadas aparecem apenas como notificação.

Passo 3. Mesmo sem ativar um bloqueio proativo, o Truecaller identifica em vermelho as chamadas provenientes de números de spam. Alguns deles podem ter sido marcados por outros usuários que receberam a ligação e fizeram a denúncia pelo app.

Fonte: techtudo.com

 

Comentários

Captha *