Dono de escola de treinamentos é indiciado por mortes de nove bombeiros civis em gruta de Altinópolis, SP

A Polícia Civil indiciou nesta quinta-feira (16) o dono da empresa Real Life, Sebastião Abreu, por homicídio culposo, quando não há intenção, pelas mortes de nove bombeiros civis no desmoronamento na gruta Duas Bocas, em outubro deste ano, em Altinópolis (SP).

Segundo o delegado Rodrigo Salvino Patto, responsável pelo inquérito, Abreu não deveria ter permitido o curso na gruta por causa das condições climáticas da região no dia do treinamento.

O inquérito já foi entregue ao Ministério Público e aguarda parecer da Promotoria.

O advogado do empresário, Wesley Rodrigues, disse que o cliente ainda não foi comunicado sobre o indiciamento.

Comentários

Captha *